Polícia

Publicado em novembro 30th, 2015 | Por Marcos Oliveira

0

Maus tratos a animal: 9º BPM prende acusado

Guarnições do Comando de Policiamento da Unidade (CPU) e da Radiopatrulha do município de Cuité-PB, conseguiram prender, na tarde deste domingo, 29, na estrada dá acesso ao sítio Bujari, dois indivíduos em uma motocicleta. Ao serem abordados pelo comboio policial foi constatado que se encontravam de posse de uma ave (galo) que se encontrava bastante machucado e com sinais de que fora submetido a maus tratos por ocasião de uma rinha.

Com os indivíduos também foram encontrados objetos comumente utilizados na prática de rinha de galo. Diante do flagrante ambos foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Cuité. “Infelizmente ainda existem pessoas que se beneficiam de tal prática realizando apostas muitas vezes envolvendo altos valores financeiros, maltratando estes animais que, em alguns casos, chegam a morrer”, frisou um dos policiais que participaram da ação.

RINHA DE GALO

A legislação brasileira de proteção ao meio ambiente define como crime a promoção da atividade popularmente conhecida como “rinha de galo”. Tal atividade consiste na promoção do embate entre dois animais, os chamados galos de briga, e é normalmente acompanhada por cidadãos que realizam apostas. Essa prática pode render para o cidadão de três meses a um ano de prisão. Podem responder pelo crime de rinha de galo os proprietários dos animais, o dono do local onde a prática é realizada, bem como os eventuais apostadores.

9º BPM

SVS


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir para o topo ↑