Tecnologia 000

Publicado em abril 20th, 2016 | Por Adilson Junior

0

Governo diz que internet ilimitada não vai acabar. Mas se o Governo acabar…

O Ministro das Comunicações, André Figueiredo, deu um “contra-vapor” nas bobagens que o diretor da Anatel, João Rezende, esta dizendo por aí que “a era da internet ilimitada acabou” e garantiu que “a era da internet ilimitada não acabou”, porque o Governo obrigará as empresas de telecomunicações a continuar vendendo pacotes de dados sem limitação.

A Anatel, como todas estas malditas agências criadas por Fernando Henrique Cardoso e mantidas pelos governos do PT, nunca funciona em favor dos consumidores e sempre opera em favor das empresas.

Brizola dizia que elas eram como um garoto rodando uma pedra amarrada na ponta de uma linha – aqui no Rio chamamos “marimba” – mas a pedra (as empresas) eram tão pesadas e o garoto (o Estado) tão magrinho que quem acabava girando e orbitando a pedra era o guri.

O resultado é que os seus dirigentes, com mandato, acham que são os “donos do pedaço”, ainda mais no meio de uma crise política em que o governo tem menos força.

Figueiredo diz que espera ter assinado – até o início de maio – um acordo que garanta a continuidade “da venda de pacotes ilimitados; a garantia de que contratos com usuários não serão modificados e que o usuário possa saber todo o tempo o seu consumo de dados.

Tenho sérias dúvidas que que haja uma solução definitiva até lá. As operadoras , se não forem muito apertadas, ficarão esperando que os golpistas assumam.

Aliás, muitos deles ansiosos por um bom “pacote”  de “dados”.

Fonte: Tijolaço

svs2 pbnet


Sobre o autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir para o topo ↑